Exercícios da Bruxa

Queridos ectoplasmas suínos:

Inauguro com pompa e circunstância uma nova modalidade de post neste caldeirão. Exercícios da Bruxa.

Como vocês são muito espertalhões e sabem identificar os herros de hortografia melhor do que eu, identifiquem abaixo as aberrações produzidas pelas amebas fornecedoras de conteúdo da Peugeot do Brasil.

Eu encontrei pelo menos três (colinha básica: o erro mais gritante tem outro embutido, mais sutil. O terceiro é um verbo fidamãe conjugado que nem a cara da mãe do sujeito que escreveu essa excrescência em forma de texto).

Não pensem vocês que o primeiro a responder esta maravilhosa enquete irá ganhar um maravilhoso [insira aqui o seu brinde preferido] porque estas são épocas de vacas magras no caldeirão. Se alguma lhynda empresa resolver me patrocinar, aí a gente brinca feito gente grande (Brincar? Feito gente grande? Oi?)

Mas por enquanto, vale entrar na página do Facebook da Peugeot e  torrar a paciência das amebas fornecedoras de conteúdo do sáitchy em questão….

E se você não aguenta de curiosidade, selecione com o mouse o trecho abaixo para ver a resposta deste intrigante (ah, deixa eu valorizar o meu texto, dá licença?) e excitante (ah, me erra, sô!) quiz (ok, aqui vocês podem me xingar! Deixa eu trocar a palavra) concurso! \o/

Erro nº1: Verbo prever, 3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo:

Muitos prevIram, com iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii caceteeeeeeeeee!!!

Erro nº2 – e o mais gritante de todos, por Tutátis!

CampEão se escreve com E, E de Energúmeno!!!

Erro nº3, que tá junto do erro nº2: todos os prefixos que indicam multiplicação de números juntam-se à palavra sem hífen, e formam um novo vocábulo. Mais explicações aqui. Portanto, Cacá Bueno é tetracampeão.



14 comentários sobre “Exercícios da Bruxa”

  1. Marlena comentou:

    O primeiro erro é ~~~ você acertou todos os erros. Mas eu censurei seu texto na caradura! 😀 ~~~

  2. Guilherme comentou:

    O uso indiscriminado das maiúsculas não conta? ^^

  3. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    não, não conta…. maiúscula e minúscula é café-com-leite… 😀

  4. Guilherme comentou:

    Em tempo, uma segunda cretinice: “do time Peugeot” né aposto não? Se sim, cadê ash vírgulash?

  5. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    né não…. “Peugeot” está qualificando o “time”. é dejetivo, não posto… 😀

  6. Guilherme comentou:

    Não foi isso que eu pensei… rs Acho a expressão toda (“do time Peugeot”) é aposto de Cacá Bueno. Não “time” em relação a “Peugeot”. 🙂

  7. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    O_O então são quatro erros!!! Bem que eu achei melhor jogar pra galhéra….. Parabéns, zifio, ssuncê descobriu o QUARTO erro!!!

  8. Marlena comentou:

    Droga! Bem que achei que esse “do time Peugeot” era um aposto, chuinf…

  9. H. C. Paes comentou:

    Pois eu acho que há um erro de estilística em “Torceram e previram”. Esses verbos têm regência e transitividade diferentes: torce-se POR algo e se prevê ALGO. Que eu me lembre, não é permitido encadear verbos de transitividade distinta na língua escrita (no inglês, em contraste, isso é permitido, desde que se deixe a preposição solta ao lado de cada verbo e o objeto lá no fim).
    Daria para tentar enrolar dizendo que “torceram”, nessa frase, é intransitivo, mas eu não engulo essa, não.
    O pior é que consertar esse tipo de erro não é muito fácil. Eu diria algo como “Como muitos previram, e por isso torceram,…”, mas ainda fica a ambigüidade (eu gosto de trema, pode me processar) de se “por isso” é uma locução adverbial equivalente a “portanto” ou se é o objeto indireto de “torceram”.
    Aliás, deixar o “como” junto com o “torceram” me parece igualmente errado, pois “torcer” não admite modalidade, não desse jeito. E se o “como” estiver funcionando como “de acordo com”, é ainda pior, pois fica gritante a falta do objeto indireto.
    Já sei: que tal “Como muitos previram, e para tanto torceram…”, já que o verbo “torcer” admite a preposição “para”?

  10. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    *_* eu só tenho motivos para me orgulhar desses meus leitores, viu? ;o) \o/

  11. H. C. Paes comentou:

    É que eu sou filho da Marlena, Madrasta. Mas não espalha.

  12. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    QUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    Meu blog é recomendado para leituras em família!!! Que tudo!!!! \o/
    Zifio, Volte sempre – você e mainha!”
    Saibam que seus bolinhos de fubá com cafezinho estão sempre garantidos por aqui! 😀 \o/

  13. Marlena comentou:

    Meu garoto!

  14. Jeabusy comentou:

    Registro De Propecia Viagra Marseille viagra Ebay Kamagra Amoxicillin Drug Interaction Affects Fliagra

Deixe o seu comentário aqui!

Publicado com o WordPress