O assessor e o novo lançamento do carro baseado num tripé

Fico meio constrangida em pegar no pé de texto de assessor de imprensa. É que eu conheço a raça. Sei que, não raro, o texto dele fica horroroso devido às alterações feitas pelo queridocliente (/ameba escrevente). Mas constrangimento é coisa que dá e passa. Afinal, sou uma bruxa malvada e venenosa. Além do quê, um texto que se abre no seu inbox com a palavra “inovador” no título já chega com cheiro de ameba escrevente. Vejamos, pois, o novo lançamento do seu assessô. A canetinha vermelha é do texto original; a azul sou eu envenenando comentando o texto:

CONCESSIONÁRIAS TAL JÁ VENDEM O INOVADOR CARRO TAL

Lançamento da montadora francesa transmite sofisticação [1- Transmite? Um carro transmite? Até onde eu sei, a única transmissão do carro é a do câmbio de marcha… vai ver que a sofisticação dele limita-se à transmissão de câmbio] de veículos de luxo e vem com linha de acessórios que valorizam o conforto

As concessionárias Tal já começaram a vender o mais novo lançamento [2- Pleonasmo!!! Pleonasmo é aquela coisa que sobe pra cima, desce pra baixo, entra pra dentro e sai pra fora. Como um novo lançamento, por exemplo.] da montadora francesa, o carro Tal, que atenderá aos consumidores mais exigentes do segmento de veículos sedans compactos premium.

As linhas do carro tal, sem similares no mercado nacional, são os principais diferenciais [3- Diferenciais devem ser, pela minha lógica, os fatores para efetuação do cálculo diferencial, né?] em design do sedan. O ineditismo também é um atributo do interior, no qual sobressai o painel com desenho moderno atraente, feito com material de alta qualidade e agradável ao toque.

Com o lançamento do carro Tal, a montadora Tal tem como principais concorrentes os modelos Volkswagen Pólo, o modelo top do Ford Fiesta e o Peugeot 207 Passion [aimeudeus… entregou a bola pro consumidor! Se você não gostar do novo lançamento da montadora fancesa, vai procurar pelos velhos lançamentos da concorrência…] . A montadora francesa aposta na boa relação custo-benefício de seu sedan para participar dessa disputa [4- Ai, não usa essa palavra.. o cacófato é horroroso!!! Separe a primeira sílaba do resto da palavra que você vai entender o que eu quis dizer…].

O modelo chega ao Brasil e às lojas da concessionária Tal com dois tipos de acabamento: a Expression, por R$ 41.190, e a Privilège, por R$ 44.490. A plataforma do carro Tal é a mesma de outro modelo da marca, mas o lançamento tem 4,26 metros de comprimento, sete centímetros a mais [5- sei… o lançamento é maior que o carro em questão?]. Fora isso, o carro é completamente novo, do design ao propulsor. (…) O câmbio é manual, de cinco marchas. [1- se essa é a transmissão de sofisticação citada no primeiro parágrafo, sei não… acho que, por 40 paus, um consumidor vai querer, pelo menos, um câmbio automático, né não?]
“O carro tal está baseado num tripé [6- Aaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh!!!! Tadinhoooooooooooooo!!! O carro fica baseado num tripé!!!! As rodas e pneus serão vendidas á parte, é isso?] que fornece grande apelo aos consumidores [e o tripé ainda fornece grande apelo!!! Nossa, que inovação…] (…)

 

É, o carro desta segunda não sofreu tanto quanto os estagiários de sexta-feira, nem a geladeira da quinta-feira. Ele só tem problemas de câmbio e, se você quiser, já sabe quais concorrentes procurar caso não se interesse pelo francesinho em questão. Mas vamos lá:

1- Muito cuidado ao usar verbos só porque eles são bonitos e soam bem. Eles podem significar mal, como o transmitir do primeiro parágrafo. Fica legalzinho? Até fica, mas veja bem até que ponto ele ajuda ou prejudica o seu texto. No caso, ele deu margem a um trocadilho safado. Evite verbos “enviezados”, pr assim dizer. A clareza do seu texto agradece.

 2- Pleonasmo, ou redundância, é muito feio em 99,8% dos casos – os 0,2% restantes estão na cota dos poetas. Você sente doer quando é um exemplo banal, como subir pra cima ou descer pra baixo, mas muita gente a-do-ra falar em novo lançamento. Como se fosse possível um velho lançamento.

3- Diferencial, diferencial competitivo (que desponta no horizonte das amebas escreventes como seriíssimo candidato a pleonasmo da vez, já que todos os diferenciais devem ajudar qualquer coisa a ser competitiva) e diferenciado são palavrinhas da moda. Ridículas. Evite-as. Sempre.

4- O cacófato é aquela figura de linguagem em que você fala uma coisa mas o seu interlocutor pode ouvir outra. Como no caso da disputa. “Quem que se diz assim?”, pode pensar o seu interlocutor? Fuja do cacófato. 

5- Este é o caso em que, ao evitar repetir uma palavra na frase e substituí-la pela expressão lançamento, o texto deu margem a duplas interpretações.

6- Decretação do feitiço: Fez-se a bosta! E foi justamente na linda declaração do queridocliente sobre o produto em questão. Entendeu por que eu insisto em defender o assessor?

‘Bora melhorar o texto:

O CARRO TAL JÁ CHEGOU ÀS CONCESSIONÁRIAS TAL

 

Lançamento da montadora francesa traz a já clássica sofisticação dos veículos de luxo e vem com linha de acessórios que valorizam o conforto

 

As concessionárias Tal já começaram a vender o último/mais recente lançamento da montadora francesa, o carro Tal, que atenderá aos consumidores mais exigentes do segmento de veículos sedans compactos premium.
As linhas do carro tal, sem similares no mercado nacional, destacam-se dentre os mais variados aspectos do exclusivo design do sedan. O ineditismo também é um atributo do interior, no qual sobressai o painel com desenho moderno atraente, feito com material de alta qualidade e agradável ao toque.

Com o lançamento do carro Tal, a montadora Tal tem como principais concorrentes os modelos Volkswagen Pólo, o modelo top do Ford Fiesta e o Peugeot 207 Passion. A montadora francesa aposta na boa relação custo-benefício de seu sedan para conquistar um mercado repleto de grandes concorrentes.

O modelo chega ao Brasil e às lojas da concessionária Tal com dois tipos de acabamento: a Expression, por R$ 41.190, e a Privilège, por R$ 44.490. A plataforma do carro Tal é a mesma de outro modelo da marca, mas o novo modelo da montadora Tal tem 4,26 metros de comprimento, sete centímetros a mais. Fora isso, o carro é completamente novo, do design ao propulsor. (…) O câmbio é manual, de cinco marchas.
“O carro tal está baseado em três características de grande apelo aos consumidores (…)

 

 

 

Pronto! com este recall, o texto da ameba escrevente salva-se de derrapagens e acidentes mortais.

Deixe o seu comentário aqui!

Publicado com o WordPress