O novo conceito

Eu odeio um novo conceito. Nada contra a reformulação de ideias, ou mesmo a criação de coisas novas. O problema é a palavra con-cei-to. Bleargh!

Conceito é uma palavra muito forte. Define, conforme o Houaiss, a “compreensão que alguém tem de uma palavra; noção, concepção(…)”. Daí, quando o caboclo quer falar que houve alguma alteraçãozinha, ou melhorou pouquinha coisa, tasca lá no texto:

Um novo conceito em (…).

Meu Deus do céu, parem com isso!!!! Essa é a receita para a banalização do conceito de conceito! Como no post abaixo. Prá quê dizer um novo conceito em canudinho? A ideia original ou a função do objeto foi  alterada? Não! Então, diga que é um canudinho diferente!

Já pensaram como seria um novo conceito em homem? Não? Então, cuidado, companheiro, senão podem arrancar fora seus documentos….



2 comentários sobre “O novo conceito”

  1. Alessandro Damasceno comentou:

    Ao editor do ‘Objetivando Disponibilizar’, gostaria em nome da FuCKWEAR agradecer a ‘tentativa’ de correção de nosso press release. Realmente você conseguiu arrancar gargalhadas de nosso pessoal, o que tornou nosso dia mais descontraído e produtivo.

    Abraços,
    Alessandro Damasceno
    FuCKWEAR
    http://www.ilovefuck.com.br

  2. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    Ai, que bom! Fiz uma boa ação! Consegui exorcizar uma ameba!! Vá em paz, meu filho! E que Nossa Senhora da Locução Verbal lhe ilumine o caminho! amém!

Deixe o seu comentário aqui!

Publicado com o WordPress