O forró da PUC

Deu saudade desse post aqui, originalmente publicado em 2009. Republico-o-o-o… 😀

 

Eu me lembrei agora dessa historinha que aconteceu entre uma conhecida minha e a irmã dela, doravante denominadas Dorinha e Dorabela (só pra aliterar com o doravante). Miacaaaabo de rir toda vez que essa historieta me volta à memória. Mas deixem que eu a compartilhe com os frequentadores deste caldeirão.

Pois Dorinha e Dorabela moram em Niterói (Rio de Janeiro). Um belo dia, Dorabela chega em casa e conta para Dorinha:

– Ih, parece que vai ter forró na PUC.
– Como assim, forró na PUC? Onde você viu isso?
– Ah, tava passando de ônibus na esquina das ruas tal e tal, e tinha um cartaz esticado lá avisando…

Dorinha ficou bolada com a história. Primeiro porque a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro não fica em Niterói, mas na própria cidade do Rio de Janeiro; segundo, porque forró não é exatamente o perfil dos estudantes daquela universidade elitista até a alma.

Alguns dias depois, está Dorinha  a passar de ônibus pela esquina onde o tal do cartaz anunciava o curioso evento. Mas o que ela leu no tal do cartaz era um pouquinho diferente do que Dorabela havia lido dias antes. Voltou para a casa, e deu um esporro em Dorabela:

– SUA ANALFABETA! O CARTAZ NÃO DIZ FORRÓ DA PUC! É FORRO DE PVC!!! FORRO DE PVC, SUA ANTAAAAAAAAAAAA!!!

****

Atualização:

Recebi este comentário e chorei tanto de rir que resolvi incluir a tetéia aqui nosencima. Veio da Isabel Ferreira (Feliz 2012, procê tumém, zifia!!! 😀 )

Esse seu “causo” me lembrou meu comecinho de carreira na construção civil. Na época, dois “colaboradores” vieram comentar comigo, completamente empolgados, que já sabiam onde ir no final de semana, já que estavam em São Paulo ha pouco tempo e não tinham amigos. A balada? Forró do Gerson… Só depois de muito pensar onde é que eles tinham visto a “propaganda” foi que a minha ficha caiu. O forró do Gerson na verdade era o forro de gesso… rs

Feliz Natal e um ótimo 2012 pra você!



10 comentários sobre “O forró da PUC”

  1. Zig comentou:

    “Cada equívoco, cada mal-entendido, suscita a morte; apenas a linguagem clara, a palavra simples, pode se salvar sozinha dessa morte”

    (L’homme Révolté, Albert Camus)

  2. Ju comentou:

    Minha querida… A-mei! hehe

    Primeiro de tudo’: Sorry, antecipadamente… Mim e meu netbook nao estamos se entendendo bem nos teclado, saca? Sabe essas coisas de configuração de teclado gringo? Poizé…

    Então… Amei o forró da PUC! Como filha-da-pucc que sou (com dois “c” mesmo, pq eh a PUC Campinas… hihi) eu fiquei imaginando um forró-na-pucc… Seria genial! hehe Mas adorei, mais ainda, acabar o domingo às gargalhadas, aqui nessa geladérrima (taca os acentos aí, please!) Camp-City, dando uma geral do blog que eu, confesso, não visitava fazia dias!

    Fim de semestre pra professor (e eu sou uma…) é enlouquecedor, vc sabe, mas eu realmente me divirto aqui!

    (…)

    Em tempo: O Vid’Academica anda paradinho pq eu, realmente, ando a-to-la-da de trabalho, mas as férias estão chegando… Me aguarde! hehe

  3. Marlena comentou:

    Hilariante! Miacabei de rir!

  4. Isabel Ferreira comentou:

    Esse seu “causo” me lembrou meu comecinho de carreira na construção civil. Na época, dois “colaboradores” vieram comentar comigo, completamente empolgados, que já sabiam onde ir no final de semana, já que estavam em São Paulo ha pouco tempo e não tinham amigos. A balada? Forró do Gerson… Só depois de muito pensar onde é que eles tinham visto a “propaganda” foi que a minha ficha caiu. O forró do Gerson na verdade era o forro de gesso… rs

    Feliz Natal e um ótimo 2012 pra você!

  5. cristovam comentou:

    Folhice de hoje:
    Está na coluna de ciências:

    BACTÉRIAS PERSONALIZADAS
    Pesquisa com comunidades bacterianas no intestino mostrou que há três tipos básicos delas; um é favorecido por dieta carnívora, outro, por dieta vegetariana.

    Cadê o terceiro tipo de bactéria?

    Valei-nos nossa senhora do bom texto!

  6. Claudia Atas comentou:

    Gostei da história, do ritmo e do seu estilo de humor. Já me programei para outras leituras do seu site neste final de ano.

  7. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    Valeu, zifia! Aceite um bolinho de fubá com café, e volte sempre!!! 😀

  8. Renan comentou:

    #euri

  9. Cecilia comentou:

    Madrasta, descobri seu blog hoje e estou morrendo de rir. Também tenho um blog sobre meus cachorros, mas por favor nem vai ler porque deve ter muita coisa errada!! hehehe. Enfim, lendo essa história me lembrei de uma muito interessante. Eu e meu marido passamos tiramos férias em 2010 e ficamos 10 dias a toa, na praia. Passávamos todos os dias em frente a um Outdoor de propaganda. Acho que no 9o. dia de viagem meu marido indignado vira pra mim: “Mô, fala sério, quem precisa de um Umidificador que tira fotos??”. Depois de alguns minutos pensando “PORRA.. quem precisa mesmo, minha ficha caiu: MOFO, tira MOFO!!!”. É madrasta, quando você acha que não dá pra piorar, piora! Mas pelo menos rende gargalhadas em todo churrasco de família!

  10. Madrasta do Texto Ruim comentou:

    HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA
    É bom saber que todo mundo pode surtar de vez em quando, né?

    Seja bem-vinda, zifia!
    aprochegue-se, aceite um bolinho de fubá com cafezinho… 😀

    E volte sempre!!!

Publicado com o WordPress